Principais produtos exportados pelo Brasil

/ Por marketing

Thumbnail

O potencial exportador do Brasil é muito grande, pois nossa variedade de produtos e fornecedores é vasta. Em 2018, segundo um relatório divulgado pela Organização Mundial do Comércio (OMC), o Brasil apareceu em 27º lugar entre os maiores exportadores do mundo e a expectativa é que as vendas internacionais só aumentem.

Nesse sentido, hoje iremos tratar sobre quais foram os produtos mais exportados pelo Brasil em 2019 e de Janeiro a Outubro de 2020, bem como quais foram os estados brasileiros que mais exportaram e para quais países esses produtos foram mais destinados, entre esses respectivos períodos de tempo, segundo dados divulgados pelo Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior (MDIC).

Para além da curiosidade, conhecer essas informações é muito importante para compreender melhor o mercado brasileiro, como ele funciona e quais são as suas tendências e, a partir disso, saber o lugar da sua empresa dentro dessa dinâmica e poder traçar uma estratégia mais certeira.

 

Os 10 produtos mais exportados pelo Brasil em 2019


1. Soja

As vendas de soja representaram 12% (US$ 26,1 bilhões) da exportação brasileira em 2019; onde 79% desse total foi destinado à China e, o estado do Mato Grosso foi o que mais exportou esse produto. É válido ressaltar que o Brasil é o segundo maior produtor de soja do mundo, chegando atrás apenas dos Estados Unidos.

 


2. Óleos brutos de petróleo ou de minerais betuminosos, crus

Eles representaram 11% (US$ 24,2 bilhões) do total da exportação brasileira em 2019. Seus principais destinos foram: China (64%) e Estados Unidos (13%). O estado do Rio de Janeiro foi o que mais exportou petróleo no ano passado.

 

3. Minério de ferro e seus concentrados

Em 2019, corresponderam a 10% (US$ 22,7 bilhões) das exportações, tendo a China como principal destino.

 


4. Celulose

A celulose configurou 3,3% (US$ 7,4 bilhões) das exportações do Brasil. Ela foi mais exportada pelo estado do Mato Grosso do Sul.

 


5. Milho

Com 3,2% (US$ 7,34 bilhões) de representação nas exportações nacionais, o milho ocupa a 5º posição de produto mais exportado pelo Brasil em 2019. O Japão (16%), Irã (14%) e Vietnã (9,1%) foram seus principais destinos.

 

6. Carne Bovina                                                                                                                                                                                                                                                                                                               

Ela representou 2,9% (US$ 6,5 bilhões) das exportações do Brasil no ano passado. Seus principais destinos foram a China e Hong Kong.

 


7. Carne de aves

Assim como o anterior, mas com variação menor, as carnes de aves corresponderam a 2,9% (US$ 6,5 bilhões) do montante das exportações. China, Japão, Arábia Saudita e Emirados Árabes Unidos foram os países destinatários com maior destaque.

 


8. Demais produtos manufaturados

Eles refletiram 2,8% das exportações, com vendas estimadas em US$ 6,4 bilhões.

 


9. Farelo de soja

Com a movimentação de US$ 6,2 bilhões, o farelo de soja representou 2,8% do total das exportações nacionais. Novamente, o Mato Grosso do Sul foi o estado que mais exportou esse produto.

 

10. Óleos combustíveis de petróleo ou de minerais betuminosos (exceto óleos brutos)

Representando 2,6% (US$ 5,9 bilhões) das exportações do Brasil em 2019, esses produtos conquistam o 10º lugar dessa lista. Alguns de seus destinos de maior destaque foram Estados Unidos, Alemanha, Itália e Japão.

 

Em 2019, o Brasil exportou US$ 225,383 bilhões e importou US$ 177,347 bilhões, portanto garantiu um superávit de US$ 48,035 bilhões.

 

Os 10 produtos mais exportados pelo Brasil entre Janeiro e Outubro de 2020  

  1. Soja (16% - US$ 28 bilhões)

  2. Minério de Ferro e Concentrados (12% - US$ 20,1 bilhões)

  3. Óleos Brutos de Petróleo ou de Minerais Betuminosos, Crus (9,5% - US$ 16,5 bilhões)

  4. Açúcares e Melaços (4,1 % - US$ 7,1 bilhões)

  5. Carne Bovina (3,5% - US$ 6,1 bilhões)

  6. Farelo de Soja (3,1% - US$ 5,3 bilhões)

  7. Celulose (2,9% - US$ 5 bilhões)

  8. Carnes de Aves (2,7% - US$ 4,6 bilhões) 

  9. Demais Produtos - Indústria de Transformação (2,7% - US$ 4,6 bilhões) 

  10. Milho (2,4% - US$ 4,1 bilhões)

 

Até Outubro deste ano, o Brasil garantiu um superávit de US$ 47,428 bilhões, uma vez que exportou US$ 174,147 bilhões e importou US$ 126, 719 bilhões.

 

Quer começar a fazer parte desse mercado que movimenta bilhões de dólares anualmente?

Cadastre-se na B2Brazil e comece a fazer negócios com compradores e vendedores do mundo todo! Acesse:https://b2brazil.com.br/user/register

B2B Academy
B2brazil
Cursos CNI
marketing
marketing

Usuário Marketing

Você também pode gostar