O poder das nozes, castanhas e companhia

/ Por marketing

Thumbnail

Nozes, castanhas e demais oleaginosas têm uma mistura muito rica em nutrientes e por isso seu cultivo e consumo crescem muito pelo mundo.

Estudos realizados na Inglaterra e Noruega concluíram que o consumo de aproximadamente 40 gramas por dia, equivalente ao que cabe em sua mão em formato de concha, traz uma probabilidade 22% menor de morrer precocemente por diversas doenças, como doenças cardíacas, câncer, diabetes, Alzheimer, problemas renais e infecções.

Conheça um pouco das poderosas, ainda que pequenas, nuts:


Castanha do Pará
As castanhas do Pará são muito conhecidas por seu conteúdo em selênio, poderoso antioxidante, que combate os radicais livres, além ajudar a tireóide a produzir hormônios T3 e T4 corretamente e reforçar o sistema imunológico.

Castanha de caju
É a castanha com menos teor de gordura, fonte de cobre, ajuda na absorção de ferro, gera energia, ajuda na fabricação de glóbulos vermelhos e forma colágeno, importante para os ossos e tecido conjuntivo.

Nozes
São fonte significativa de ácido alfa-linolênico, um ácido graxo ômega-3 à base de plantas que melhora a saúde do coração e do cérebro. Além disso, pode reduzir o risco de doença de Alzheimer.

Amêndoa
São grandes fornecedoras de fibra e de cálcio. São ricas em magnésio e vitamina E, que ajudam a regular o açúcar no sangue e na redução do processo de dano celular, respectivamente.

Avelã
Ricas em ácido fólico (vitamina B9), que ajudam na saúde mental. São amigas do coração e protegem as células. Reduz o risco de câncer de cólon e reto. Também é rica em ferro e potássio.

Pistache
Ótima opção para lanches, pistaches apresentam os níveis mais altos de três antioxidantes que aumentam a saúde da visão: luteína, zeazantina e beta-caroteno. Rica em proteína e vitamina B6.

Amendoim
Sua versão sem sal e conservantes é rica em proteína, vitaminas B e E, que ajudam a prevenir problemas cardiovasculares. Ótima fonte de arginina, que ajuda a diminuir a pressão sanguínea.

Noz Pecã
Rica em gorduras boas e em minerais como o magnésio, o fósforo e o zinco, essencial as células de defesa do sangue, que brigam contra vírus e bactérias.

Com todos esses benefícios e muitos outros, como as vantagens que oferecem no pré e pós treino, e seu uso como matéria prima de cosméticos, o mercado mundial de nuts cresce mundialmente.

O Brasil produz diversas castanhas e nozes, está entre os 10 maiores produtores mundiais e o setor já representa 18% do total de exportações brasileiras. Tanto em relação ao volume de vendas como em receita, houve crescimento, chegando a quase US﹩ 200 milhões.


Para ajudar os pequenos e médios produtores do setor, temos o projeto Exporta Mais - Nuts, onde trabalhamos a prospecção internacional através de ferramentas digitais e com benefícios ilimitados na maior plataforma para negócios B2B da América Latina.

Quer saber mais? Fale conosco!

marketing
marketing

Usuário Marketing

Você também pode gostar