O Mercado de Café

/ Por marketing

Thumbnail

O Brasil exportou 4,3 milhões de sacas de café no último mês de novembro, considerando a soma de café verde, solúvel e torrado & moído. O volume embarcado implica no aumento de 32,2% quando comparado a novembro de 2019. Também, expressa um novo recorde em exportações do produto para o mês e o segundo maior embarque mensal do ano. Os dados são do relatório mensal do Cecafé – Conselho dos Exportadores de Café do Brasil.

A receita com as exportações de café torrado e não torrado, extratos, essências e concentrados em 2020 aumentou 7% em comparação com o ano anterior, passando de US$ 5,167 bilhões para US$ 5,530 bilhões.

INVESTIMENTO PARA O SETOR 
O Fundo de Defesa da Economia Cafeeira (Funcafé) superou R$ 3,5 bilhões em liberações para o setor cafeeiro. Esse volume significa 61% da programação inicial de R$ 5,7 bilhões da safra 2020/2021. Isso auxilia os produtores a minimizar os prejuízos causados pela pandemia do coronavírus e para manutenção da boa produtividade da nova safra.

PRINCIPAIS CONSUMIDORES GLOBAIS
Olhar os principais consumidores de café do mundo é entender os principais nichos para projetar a exportação e até mesmo de onde surgem os fatores que influenciam no preço e na demanda interna. 

Em uma ordem decrescente, o maior consumidor de café mundial é a Europa com 55,09 milhões de sacas, 32,9% do consumo mundial no ano-cafeeiro 2019-2020. A Ásia e Oceania, em segundo lugar, possuem um consumo de 37,06 milhões de sacas (22,1%).

Na terceira posição, a América do Norte com 31,43 milhões de sacas (18,7%), seguida da América do Sul com o equivalente a 26,9 milhões de sacas consumidas (16%), na quinta posição a África com 11,67 milhões de sacas (7%), e, na sexta, México e América Central foram responsáveis pelo consumo de 5,42 milhões de sacas de café, o que equivale a 3,2% de todo café consumido no ano-cafeeiro 2019-2020.

PERSPECTIVA 2021
De acordo com o banco de investimento Itaú BBA, a safra total do Brasil (incluindo grãos da variedade robusta) neste ano deve ficar entre 53,6 milhões e 58,3 milhões de sacas de 60 kg, ante 67,9 milhões de sacas projetadas pelo Departamento de Agricultura dos Estados Unidos (USDA, na sigla em inglês) para a safra atual. 

A produção mundial de café teve crescimento de 4% na safra 2020/2021 e, de acordo com o Departamento de Agricultura dos Estados Unidos, o crescimento deve seguir em 2021.

Dentro da B2Brazil temos um projeto especial para o setor de café, que se destaca pelo número de oportunidades de negócios geradas. São quase 4 mil empresas compradoras de café de todo o mundo buscando fornecedores qualificados.

Se você quer aumentar suas chances de êxito no mercado cafeeiro, faça parte da B2Brazil. São mais de 170 mil empresas registradas na maior plataforma B2B da América Latina para fechar parcerias e expandir o seu negócio! Acesse: https://b2brazil.com.br 

marketing
marketing

Usuário Marketing

Você também pode gostar