Moda Fitness e o “Wellness”

/ Por marketing

Thumbnail

Já reparou como as pessoas estão se dedicando mais a cuidar da saúde? A preocupação com a saúde física e mental tem impulsionado o cenário da moda fitness, movimento acelerado por conta do isolamento social devido à pandemia que estamos vivendo.

Atualmente, o Brasil é o segundo país com maior número de academias do mundo, atrás apenas dos Estados Unidos. O país ocupa também a terceira posição no ranking de faturamento, com movimentação de mais de U$ 2 bilhões, segundo relatório da IHRSA Global Report 2019.

Os dados comprovam que os brasileiros têm investido em um estilo de vida mais saudável, o que beneficia o país sair do atual 4° lugar com mais cidadãos obesos no mundo e, ainda, ajuda a otimizar os resultados desse mercado nos próximos anos.

MERCADO 2020
A indústria de atividades físicas movimenta 2,1 bilhões de dólares no Brasil - a receita é a maior da América Latina e a terceira das Américas.

A Rússia, Polônia, Estados Unidos e alguns países da América Latina são as regiões com mais oportunidades para negócios do segmento. Isso se faz relevante de considerar na hora de definir para quais países a exportação será feita.

Com as academias fechadas frente a atual pandemia, os praticantes de exercícios físicos precisaram adaptar-se para continuar fazendo suas atividades em casa, e claro, isso teve um impacto na vendas do vestuário fitness.

Tal realidade demandou um aumento de mais de dez vezes na venda de equipamentos para se exercitar, como aponta o site G1. Também, a mudança na rotina das pessoas possibilitou que o estilo versátil das peças fosse praticado em diversas ocasiões no dia a dia, não apenas na hora de praticar exercícios físicos.

NOVOS NICHOS
O mercado fitness é um ótimo nicho de mercado, com aumento de demanda também do público masculino e de gestantes. A nova realidade é uma excelente notícia para esse mercado que, logo, precisa ofertar produtos específicos ao novo público.

Vemos uma grande busca por vestuário de atividades como a ioga e outras atividades feitas e guiadas por aplicativos em casa. Além disso, cada vez mais os homens estão entrando no mercado fitness, fora o tradicional futebol, com destaque para corrida e ciclismo, e se tornando consumidores tão ativos e participativos no setor quanto o público feminino.

Vale salientar ainda que outro segmento fitness em expansão é o da nutrição esportiva. Segundo a Associação Brasileira de Empresas de Produtos Nutricionais (Abenutri), a expectativa é que em 2019 o crescimento do setor atinja 20% e que, até 2024, o faturamento alcance R$ 5 bilhões. Sem dúvidas, o setor se beneficiará do crescimento desse segmento.

DICAS PARA INVESTIR
Estudar o impacto de grandes eventos esportivos na moda fitness é muito importante para o sucesso do negócio. Em um mercado dinâmico e em franca expansão, é preciso se preparar para novas oportunidades com produtos pensados a partir de experiências bem sucedidas.

A tecnologia se mostra presente na moda, com produtos que usam tecidos que oferecem conforto, estilo e benefícios como a absorção do suor, compressão, sustentação e redução da fricção.

O isolamento forçado pela pandemia evocou uma volta às raízes do wellness, como uma tendência cada vez mais incorporada de cuidado com a saúde física e mental. E isso inclui os exercícios, mesmo que em casa, o que reforça a oportunidade para as empresas do setor.

PARCERIAS INTERNACIONAIS
A moda fitness é uma das mais comercializadas na internet. Se sua empresa atua nesse mercado e tem interesse em participar do comércio internacional, não deixe de falar com nossa equipe.

Nossa plataforma conta com mais de 165 mil empresas buscando oportunidades de negócios. E para ajudar na geração de contatos com compradores internacionais, desenvolvemos um trabalho para o setor de moda: https://b2brazil.com.br/exporta-mais. Acesse e conheça!

B2B Academy
B2brazil
Cursos CNI
marketing
marketing

Usuário Marketing

Você também pode gostar