Açaí, o fruto brasileiro que ganhou o mundo

/ Por marketing

Thumbnail

Que o açaí é um fruto proveniente da região amazônica e constitui uma das principais fontes de alimentação da população desta região, a maioria de nós já sabe.
O que nem todos sabem é como esta pequena fruta roxa caiu no gosto do brasileiro, de norte a sul, e hoje é exportada para diversos países, atingindo quase todos os continentes.


PRODUÇÃO E CONSUMO DE AÇAÍ NO BRASIL

No Amazonas e no Pará, o consumo de açaí é um importante fator socioeconômico. Ele faz parte dos pratos típicos da região e é ingerido com farinha de mandioca, peixe e camarão, além de gelado com frutas e xarope de guaraná. A fruta também é matéria-prima para sorvete, creme, geleias e outros produtos.


Os açaizeiros amazônicos chegam a 30 metros de altura e eles são ainda mais majestosos quando falamos sobre a quantidade de empregos que proporcionam. São milhares de empregos gerados direta e indiretamente e bilhões de reais movimentados no cultivo e na exportação.

A demanda é alta, tanto para o açaí batido na hora quanto para as polpas congeladas e vendidas em toneladas, inclusive para o exterior. Na verdade, o consumo de açaí é tão alto quanto o de leite nesses locais e não é à toa que também virou uma paixão nacional.

O mais interessante dessa história de sucesso é que nós, brasileiros, produzimos mais de 80% de todo o açaí mundial, o Estado do Pará o maior consumidor e produtor da fruta. Na sequência, temos São Paulo, Rio de Janeiro e Minas Gerais como grandes consumidores.

Os Estados Unidos compram cerca de 40% de todo o açaí produzido no Pará. A lista dos importadores segue com o Japão, Austrália, Alemanha, Bélgica, Cingapura, França, China, Holanda e Portugal.

O açaí que exportamos atinge quase todos os continentes. Parece muito, mas não é. Ainda que tenha um menor escoamento para a Europa e para os demais países, o comércio do açaí demonstra um enorme potencial de crescimento na demanda e no fornecimento.

O papel do açaí nos setores da economia
De fato, o açaí é delicioso para se comer. Mas acredite: ele reúne tantas propriedades que não se resume apenas em fazer parte de nossas refeições diárias. Afinal, ele também é utilizado na indústria farmacêutica e cosmética.

Atualmente é muito fácil encontrar em farmácias e perfumarias produtos para a pele e para o cabelo com o composto de açaí na fórmula. Existem também suplementos alimentares e outras categorias de medicamento que aproveitam muito bem seus benefícios.

Até mesmo o caroço, o óleo e as folhas do açaí são muito bem aproveitados: eles viram ração animal, adubo orgânico e remédios fitoterápicos. Por esse motivo, a fruta movimenta diversos setores da economia brasileira com sucesso.


COMERCIALIZAÇÃO

O produto é comercializado “in natura” nos locais de produção e cultivo, porém, nas demais regiões, é comum que a venda da fruta se baseie em alimentos derivados de sua polpa congelada.

Existe um tipo de açaí para cada paladar e isso pode ser notado em todo o território nacional, visto que há formas regionalizadas de combinar e consumir já que ele pode ser servido como uma espécie de frozen iogurte, com vários toppings agregados, como granola, tapioca, mel, biscoitos etc. Outra possibilidade muito popular é vendê-lo como sorvete ou como polpa congelada.


EXPORTAÇÃO

As boas práticas de negociação entre o produtor e o empresário estrangeiro oferecem um cenário mais vantajoso, financeiramente. Sua parceria deve render lucro, numa parceria que valoriza economicamente as partes no negócio.

Além do açaí em polpa, o açaí em pó também é muito buscado para as exportações.

O respeito às certificações internacionais de produção e qualidade também contribuem para alavancar, e muito, a demanda pelo açaí brasileiro. São certificados de alimentos e bebidas, sobretudo nos maiores países consumidores, que pautam na fiscalização a compra dos alimentos.

Dentro da B2Brazil  o açaí é um produto com grande procura e geração de oportunidades de negócios. Para ajudar ainda mais, temos um plano específico para o setor, que envolve desde campanhas de marketing digital até priorização nos contatos com compradores internacionais, sempre com suporte de um estrategista de conta. Além disso, para a documentação do produto, temos um time de especialistas aptos para ajudar a legalizar sua mercadoria para negócios com empresas do mundo todo.

Saiba mais!

B2B Academy
B2brazil
Cursos CNI
marketing
marketing

Usuário Marketing

Você também pode gostar