A importância do Mercosul para o Brasil

/ Por marketing

Thumbnail

A Confederação Nacional da Indústria (CNI) avaliou que a relação do Brasil do Mercosul deve se manter focada e positiva, comprometida com a agenda econômica do bloco.  

Argentina, Paraguai e Uruguai foram o destino de US$ 20,9 bilhões das exportações brasileiras no ano passado, correspondendo a 8,7% das vendas totais do país, e nesse aspecto falamos principalmente de produtos industrializados.

Os países do Mercosul são compradores de 20,4% dos produtos manufaturados brasileiros e destino de 25,6% dos produtos que apresentam alta e média-alta intensidade de tecnologia. O Mercosul é o principal destino de bens intensivos em tecnologia, mais que China, Estados Unidos e União Europeia.

Além disso, a relação do nosso país com os vizinhos do Mercosul apresenta impacto direto e indireto na geração de empregos, massa salarial e renda. As vendas para o bloco resultaram em 2,4 milhões de empregos e R$ 52 bilhões em massa salarial no ano passado, segundo o cálculo a partir de dados do Ministério da Economia e do IBGE.

O País deve se manter buscando "a integração econômica, política, social e cultural dos povos da América Latina, visando à formação de uma comunidade latino-americana de nações”, como orienta a Constituição Federal em seu Artigo 4º, parágrafo único.

A curto prazo, o Mercosul deve se dedicar em finalizar um acordo de facilitação de comércio entre os países associados, que devem resultar numa economia de pelo menos U$ 500 milhões para o Brasil ao eliminar tarifas sem base legal, e também começar a negociação de acordos adicionais para reduzir barreiras não-tarifárias ao comércio intra-bloco, como barreiras técnicas, sanitárias e fitossanitárias.

 

Sua empresa quer exportar? Está preparada, seja para o Mercosul como para outros mercados?

B2Brazil, com mais de 120 mil empresas cadastradas, é a maior plataforma B2B da América Latina e pode ajudar sua empresa desde a identificação de mercados, documentação e habilitação, promoção comercial e negociação.

marketing
marketing

Usuário Marketing

Você também pode gostar